junho 21, 2006

Ciúme

Hoje, por um mero acaso, confirmei uma suspeita de que já me tinham falado. Uma artista norte-americana adaptou uma música dos The Cure, Just Like Heaven. Ouvi, até gostei, mas senti um ciúme voraz. Passei a detestar, porque não se compara, porque perde a paixão e a sobriedade contraditória que adoro.
E então? Até nem está mau, o remake... Mas, nunca vos aconteceu? Sentirem que só vocês leram aquele livro, só vocês ouvem aquela música no mundo... e quando descobrem que não é assim, surge uma sensação de posse ameaçada irritante.
Apropriamo-nos dos significados e pensamos que nos podem ser roubados...
Tolos! Como se assim fosse...

1 comentário:

MadameZen disse...

vazio e oco é o chao que pisas sem partilha. Não vás por aí que o ciúme impede o toque. E quem sou eu para falar de toque?